terça-feira, 24 de maio de 2011

Crescimento espiritual

Por Nívea Soares

Só entramos no Reino de Deus se formos simples de coração como uma criança. Mas "ser simples como criança" não significa ser infantil e imaturo.

Lucas 1:80 - João se fortalecia no espírito;

Lucas 2:52 - Jesus crescia em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens.

Hebreus 5:13,14 - maturidade fala sobre: capacidade de discernir o bem do mal; firmeza; prudência; excelência; perfeição; equilíbrio

Por exercitar-se em resistir ao mal e fazer o bem, atinge-se maturidade.

É Deus quem traz o crescimento -

Colossenses 2:19 e 1Cor 3:7,9 Ele É O Cabeça da igreja e lhe dá o crescimento.

O verdadeiro relacionamento com Deus produz crescimento. Ele deseja que cresçamos. Precisamos praticar as disciplinas espirituais.

- Alimentar-se da palavra é garantia de vida e sabedoria. Salmo 119: 92,165.

Como recém nascidos, gerados novamente por Deus, precisamos nos alimentar do leite espiritual - 1 Pedro 2:2.

Hebreus 6:1 diz que o "leite" se refere aos fundamentos da nossa fé.

Alguns crentes não conhecem nada sobre a fé cristã. Não simplesmente sobre o conhecimento intelectual, mas o exercitar-se em fé. Procurar pôr em prática aquilo que alcancei. Exemplo: se sou tentado a deixar de crer. sem fé não se agrada a Deus - Exercitar-se nos frutos do Espírito. Gálatas 5:22

Oração

Todo crente, nascido de novo tem o Espírito Santo, é preciso ouvi-Lo, ter comunhão com Ele através da oração. Não se resume à petição, mas relacionamento com Deus. O que me traz maturidade e autoridade

Encher-se do Espírito Santo

Oração em línguas

O pai não vai tratar o filho como bebê para sempre. Torna-se ridículo.

Instrumentos de crescimento:

A criança é inconstante. Provérbios 22:15 diz que "A insensatez (estultícia, falta de senso) está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a livrará dela".


Este é o Esboço da palavra ministrada durante a Célula realizada por Nívea Soares periodicamente.

Fonte: www.niveasoares.org | Adorando

Nenhum comentário:

Postar um comentário