terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Vinho Novo em Odres Novos

Compartilho com vcs essa palavra que buscando estudos para entender o que Deus queria falar sobre essa passagem do vinho novo em odres novos, ela veio direto ao encontro ao meu coração... e ainda no final o Pai fecha com a palavra que foi rema durante todo o ano de 2014...

{Mensagem que a Pr.ª Ana Paula Valadão compartilhou no 13º Congresso internacional de Louvor e Adoração Diante do Trono}


Leitura Bíblica em Mateus 9:16,17

“Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha, pois, o remendo forçará a roupa, tornando pior o rasgo; Nem se põe VINHO NOVO em ODRES VELHOS, se o fizer, a vasilha arrebentará, o vinho se derramará e a vasilha se estragará; Ao contrário, põe-se VINHO NOVO em ODRES NOVOS  e ambos se conservam”.

A imagem dos odres que Jesus usa aqui nessa parábola ela é assim “estranha” pra nós nos nossos dias, nossos costumes, na nossa cultura, mas era uma figura muito comum e de fácil compreensão para as pessoas daquele tempo.

Muita gente hoje em dia nem sabe o que é um odre, não sabe se fala “Ôdre” se fala odre, tem gente que já pensou que poderia ser um vaso de barro, onde se colocava o vinho, enfim, se você pesquisar um pouco, você vai perceber que um odre, atualmente, é como esse que nos temos na nossa arte da mensagem, ela tem a forma de uma gota, é feita em couro, mas naqueles dias era ainda mais diferente do que esse que nós idealizamos.

O vinho era feito por um processo bem artesanal, em que as uvas eram pisadas, os pés descalços pisavam e esmagavam as uvas tirando todo o suco, eram prensadas num buraco circular ou quadrado escavado na rocha ou então escavado na terra e coberto com pedras, tampado com argamassa pra não ir embora todo o suco e daquele lugar, daquela primeira prensa, o suco fluía por um canal até um segundo compartimento, onde ali ficava para a primeira fermentação; E no clima quente lá do oriente médio a fermentação acontecia muito rápido, não a tinha como impedi-la naqueles dias e logo depois dessa primeira fermentação que era rápida, os sedimentos eram recolhidos, o suco passava por uma peneira ou por um pano ele escorria e tudo que era da uva como, caroço, casca, qualquer cristal, tudo ficava retido naquele pano e então aquele segundo suco então era escoado; depois de mais quatro a seis dias, esse segundo suco era derramado em vasos de barro, e esses vasos de barro eram revestidos com couro, com a pele de animais, para mais uma fermentação e para ficarem ali num depósito, depositados naquelas peles, aí é que entra o odre, como Jesus falou nessa parábola.

Os odres eles eram feitos de uma pele inteira de um animal, como um bode, por exemplo, então eles secavam a pele toda do animal, no sol, cortavam as pernas, cortavam o rabo, selavam estas extremidades e no velho testamento a palavra “Nebel” ou “garrafa de pele” ou pele, foi traduzida para nós como, garrafa ou odre e isso nos dá a impressão sobre o formato dos odres que nos temos hoje em dia, realmente não é muito comum para nós essa figura, mas na verdade eram essas peles inteiras, “de bode”, com feixes amarrados em suas extremidades, onde antes estavam às pernas e o rabo; E o pescoço estava amarrado, por que era ali por onde o vinho era derramado, como se fosse à boca da garrafa, era o pescoço do animal. Aquele pescoço amarrado continha todo o vinho ali e aquele suco ficava ali fermentando, fermentava tanto, que aquela pele inteira de animal era esticada ao seu limite, fermentava tanto que parecia que iria estourar, ficava nesse ponto, porque o gás, o dióxido de carbono liberado pelo processo de fermentação esticava a pele ao limite, ao seu limite máximo.

Em Jó 32, verso 18 e 19 nós lemos sobre este processo tão comum antigamente, e diz assim: “Pois não me faltam palavras, se dentro de mim o espírito me impulsiona, por dentro estou como um vinho arrolhado, como odres novos prestes a romper.”

O processo de fermentação precisa e deve continuar ainda por dois a quatro meses dentro desse odre até que diminua, o processo se torne mais lento; Nesse período a pele desse odre foi esticada até o seu limite. O teor de álcool chegou a uns 12% e o colágeno que é o responsável a dar a pele toda essa capacidade de ser esticada, já foi desgastada pelo álcool, a habilidade de ser esticada acabou, não existe mais, esta pele não pode sofrer novas pressões ou ela se romperá.

Pra nós que não conhecemos isso, não convivemos com isso, não vemos essa realidade, tipo, no quintal das nossas casas como antigamente, e como era tão comum nos tempos de Jesus, ele sempre falava fácil, de uma maneira que o povo do seu tempo podia entender, pra nós é um pouco difícil captar a mensagem, o recado, o ponto em que Jesus queria tocar através desta ilustração; Mas todo mundo que o ouvia, sabia que não que colocava vinho novo em odres velhos, porque se perdia o vinho e se perdia a vasilha, o odre.

Ninguém colocava vinho novo em peles velhas, peles que não eram mais flexíveis; Peles que não suportavam pressão; Assim nós também podemos entender o começo da passagem, quando Jesus fala sobre o tecido o pano novo colocado em roupa velha. Volta aí pra Mateus 9: 16 e diz: “Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha, pois, o remendo forçará a roupa, tornando pior o rasgo...”

O pano novo, isso agente já tá mais acostumado né? Ela encolhe, estica, já comprou aquela roupa nova e você lavou e de repente com todo aquele gosto de vestir a roupa, ela não te coube mais? #risos, Muitas vezes aquele pano novo que não foi passado por um processo antes de ir para a loja, um processo de pré – lavagem, de preparo para que ele não varie tanto, ele faz isso ele encolhe, o pano novo ele encolhe e ele estica e ele muda e aquela roupa que você pendura e ela muda a forma e a roupa nova ela tem essa característica, por isso ao cortar o pano novo para remendar uma roupa velha, se desperdiça tanto pano novo, que foi cortado, quanto à roupa velha, que vai se rasgar, que vai se romper.

O odre velho ele já está acomodado, o vinho velho ele é bom, mas ele não fermenta mais, ele não exige mudanças no odre, por isso o odre fica confortável, tuuudo está sob controle, sabe quando nós já sabemos fazer as coisas de uma certa maneira, nós já estamos acostumados com a nossa vida como ela está, é o vinho velho que agente conhece, as coisas do jeitinho que agente gosta, tá tudo tranquilo, quando estamos assim, acomodados, confortáveis, aí é que eu acredito que Deus permite que sejamos incomodados, na nossa vida nós cremos que Deus tem a nossa vida no seu controle! E nada foge ao controle ao cuidado do nosso Deus, se estamos enfrentando algum incomodo, alguma situação, alguma opressão, alguma pressão! Nós podemos ter a certeza de que o Senhor tem um propósito e está nos permitindo passar por isso; Não estamos soltos ao acaso, seria tão triste se nós andássemos com as nossas próprias pernas, vivendo a nossa vida estando livres, soltos! Deve ser muito duro viver a vida independente de Jesus! Mas se estamos nas mãos de Deus, nós temos essa segurança.

Então se Deus tá permitindo alguma circunstância, alguma coisa que me tira dessa situação de conforto, eu posso ter a certeza de que Deus está querendo fazer algo novo em minha vida, Deus está mexendo nas minhas estruturas, Deus permite que o vinho vá acabando, vá acabando. O Vinho velho vai acabando, aquele vinho que já fermentou que já ficou calmo, ficou tranquilo, agente vai tomando esse vinho vai bebendo esse vinho, ele vai acabando, o vinho ele é símbolo de alegria, sabe quando você começa a sentir uma falta de alegria, um vazio, uma angústia? Quem sabe essa é uma angústia divina, querendo te despertar para algo novo, querendo te tirar desse lugar de comodismo, de conforto! Deus quer te fazer de novo, Deus quer te renovar, fazer novas coisas na sua vida! E pra isso muitas vezes ele gera esse desconforto.

Essa falta de alegria nos impulsiona a buscar o vinho novo, a nova alegria, mas só os odres novos podem receber esse vinho novo.

E a boa notícia é que Deus é poderoso para fazer de nós odres novos, com as nossas próprias forças não conseguimos, mas você se lembra quando você nasceu de novo? É um milagre do espírito de Deus no seu coração. Você crê que ele pode fazer de novo? Quantas vezes forem necessárias para você se renovar ele é poderoso pra fazer essa boa obra. Ele vai nos colocando em situações em que nós temos que aprender a ser maleáveis outra vez, ele tira de nós o controle da situação, ele nos coloca em posição de TOTAL dependência DELE! E de outras pessoas; Você era acostumado a não precisar de ninguém, mas de repente Deus te coloca num situação em que você precisa do outro, deixa Deus mudar sua estrutura, deixa Deus te fazer um odre novo! Ele está te ensinando coisas novas, ele está te preparando para receber o vinho novo, coisas novas, novas revelações, novas missões, novos desafios, novas conquistas!

Não resista ao agir de Deus, como Paulo ouviu de Jesus quando caiu do cavalo, em Atos 26:12-15 diz: “numa dessas viagens, eu estava indo para damasco com a autorização e a permissão dos chefe dos sacerdotes, por volta do meio-dia, ó rei, estando eu ao caminho vi uma luz, uma luz mais resplandecente que o sol, brilhando ao meu redor e ao redor dos que iam comigo, todos caímos por terra, então ouvi uma voz que me dizia em aramaico, era a língua dele, Saulo! Saulo! Por que me persegues? Resistir ao aguilhão só lhe trará dor, então perguntei: Quem és tu Senhor? Respondeu o Senhor: Sou Jesus a quem você está perseguindo.”

Uau! Como Paulo estava enganado! Jesus era o filho de Deus o Messias tão esperado! Ele era tão zeloso, temente a Deus e estava perseguindo o seu próprio salvador, aquele em que ele ansiava ver, ansiava conhecer e ele estava indo contra o senhor Jesus e como ele diz aqui: “Resistir ao aguilhão só lhe trará dor” era como se ele estivesse cercado por pontas de ferro, ir contra Deus é se machucar, é ferir a si mesmo porque NINGUÉM PODE CONTRA DEUS!

#Fica a Dica# Se você se render ao novo de Deus, as novas maneiras, as novas formas, a nova maneira de pensar, de viver, de falar! Você vai sofrer muito menos #risos o processo vai ser muito mais rápido. Resistir ao aguilhão só lhe trará dor, Deus é irresistível e enquanto você não se render ao novo que ele mesmo está trazendo a existência, você vai sofrer; Abra sua bíblia em um dos profetas que mais admiro, o profeta Isaías, Isaías 43:18,19 diz assim: “ESQUEÇAM O QUE SE FOI, NÃO VIVAM NO PASSADO, VEJAM! ESTOU FAZENDO UMA COISA NOVA, ELA JÁ ESTÁ SURGINDO, VOCÊS NÃO A RECONHECEM? ATÉ NO DESERTO VOU ABRIR UM CAMINHO.”

Deus está fazendo coisas novas, mas muitas pessoas não percebem!

Essa é uma boa notícia pra você: DEUS PODE FAZER DE VOCÊ UM ODRE NOVO! RENOVAR A SUA CAPACIDADE DE EXPERIMENTAR O NOVO! Uma nova realidade sem aquele poder financeiro que você tinha, uma nova realidade sem aquele parente que você tanto amava! Eu quero profetizar sobre sua vida: Deus quer te fazer mais maleável, ele não quer mais você se apegando o que já se passou, porque ele está fazendo algo novo na sua vida e esse novo pode ser tão lindo! Esse novo pode ser tão maravilhoso! Nós profetizamos que você com muito menos experimentará a alegria do vinho novo, porque o vinho velho acabou! Então virá o vinho novo com uma alegria de tal forma! Tudo que você tem é o hoje, tudo que você tem é o agora!

Deus não pode ser totalmente conhecido, pelo menos enquanto estamos nesta carcaça limitada, neste odre limitado, a promessa é que um dia o veremos como ele é!

Eu quero contar uma história rápida para você:

Uma vez colocaram alguns cegos junto ao elefante, para conhecer o elefante, eles nunca conhecerão um elefante, e colocaram esses cegos cada um em uma parte do elefante e pediu para q ele descrevessem para nós como era o elefante como eles percebiam, como eles tocavam, um dos cegos pegou a cauda do elefante e ele disse:

-O Elefante é fino, maleável, leve e tem um pouco de pelo na ponta.

Outro cego agarrou a perna do elefante e disse:

-Não! O elefante é duro, rígido, muito pesado, não posso movê-lo, ele é como tronco de uma árvore.

E o outro disse pegando no marfim, suas presas:

-Sim o elefante é duro! Mas é frio como um osso e afiado como uma faca.

É assim o elefante? Todos eles conheceram algo do elefante e nenhum deles estava errado, mas o elefante não era só aquilo que eles podiam perceber, assim é o nosso Deus! Ele é tão grande, tanto que nós não conseguimos descreve-lo totalmente e a cada dia o Senhor tem algo novo de si mesmo para revelar a nós a nossa vida com Deus, o nosso relacionamento com Deus é ilimitado!

Seja um odre novo para receber o vinho novo!

Faça coisas novas, já orou naquele monte? Já? Já foi naquele outro monte? #risos. Envolva-se em coisas novas na sua igreja local, Ah! Eu tô cansado desse ministério, vá distribuir o sopão lá na rua, participe do bazar! #risos

Deus tem tantas coisas novas para fazer em nós, mas ele só faz isso, se nós nos dispusermos a abandonar as velhas estruturas.

"EU PRECISO SER UM ODRE NOVO PARA RECEBER O VINHO NOVO!"

Ore essa semana pedindo para que o Senhor:

*Restaure-nos por odres novos
*toque-nos
*cure-nos
*ajude-nos

@LivresDT - Por Miguell Andrade :)
(livresdt@yahoo.com.br)

http://www.livresdt.com.br/2012/10/odres-novos-vinho-novo-estudo-biblico.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário